Goddamned!!!

Foram mais de 5 anos que pisei no mesmo par de All Star roxo-quase-bordô. E ele não existe mais, pois procurei nas tantas 60 páginas daquela loja de All Star online.
É chavão comentar que All Star era uma coisa barata e sem charme nenhum há uns 10 anos atrás. O que não dorme em minha mente é a que super valorização do All Star foi por conta de um bando de indie chato com cabelo ensebado. E não simplesmente porque todos perceberam que é uma marca de tênis bonito, confortável e anti-chulé.
Hoje tive que desenbolsar um valor bastante maior, do que paguei na época no meu roxo-quase-bordô, por um novo par que não é tão glamuroso quanto o anterior.
Malditos indies que andam com camisetas azul do Blur. Malditos indies que se convenceram de que Mallu Magalhães podia cantar. Malditos indies que menosprezam o Bon Jovi! Malditos sejam, aqueles indies.

Advertisements

One comment

  1. Os All Star sempre foram, para mim, sinónimo de pessoa que leva uma vida despreocupada… Eram ténis e cumpriam, sem grande aparato, a sua função.

    Se passaram a estar na moda é sinal de que ou há mais gente a viver despreocupadamente ou perderam de que os ténis perderam esse estatuto. Gostaria que a primeira opção fosse a correcta mas não me parece que assim seja. Por isso partilho a tua indignação: “Malditos sejam!”

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: