Islândia

Depois que conheci a banda Sigur Ros, meu projeto de vida se tornou a Islândia. Quero muito, um dia, poder morar naquele país gelado, com música boa tocando na rádio, transcendental em tudo que faz – se compararmos com a nossa realidade – levando junto meu gato Bruce. Ah, e o namorado também.

Acontece que hoje, depois que li isto aqui, precebi que talvez não estejamos prontos para ir a Islândia. Chegaríamos lá e, de repente, não saberíamos como nos comportar diante de uma realidade tão… racional – desculpem-me, faltaram adjetivos. É a fome da hora do almoço.

Creio que, tal qual acá in Brazil, não compreenderia meus direitos como cidadã. Não saberia administrar meu dinheiro, afinal não é meu costume grudá-lo nas ruas. (Piadas à parte). E ficaria perdida nas opiniões, como fiquei com esta da lei que proíbe comércio de sexo.

Afinal, me segue no raciocínio:, não sou feminista, muito menos a favor da prostituição, mas a atitude da tal Sigurðardóttir foi decisiva, contraditória e não, de maneira alguma, equivocada. Digo, depois de anos dividindo opiniões entre o certo e o errado, o social e o capital, o PT e o PSDB, feminits or non-feminists. Ficaria difícil criar o achismo sobre a politica da Islândia, uma vez que estamos acontumados a pensar a solução para a indústria do sexo como transformação dos homens em eunucos. Compreende? O caso é que a Islândia pensa diferente de nós.

Advertisements

3 comments

  1. Acho que é do frio. Ao que parece, quanto mais frio melhor o país.

  2. Jesus! não é o David, é o Ratzel falando! rsrsrs

  3. Não conhecia tal teoria mas tendo a concordar com ela… 🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: