“A Morte Por Saudade”

de Vilas-Matas

“A filha da tia Clara, a prima Irene, que queria ser trapezista,
acabou escolhendo a Torre de San Luis para, com perícia e grande
exibição de arrojo e técnica, dar um triplo salto mortal no vazio,
estatelando-se pouco depois no asfalto duro e frio da zona alta do
Paseo. Em comparação, o salto do pai de Horácio parecia coisa de
amador, um salto bem mais modesto, ainda que sem dúvida mais
rápido e direto, talvez porque a vontade de se espatifar contra o solo
fosse superior a qualquer outra coisa …

dizem que a nostalgia é a tristeza que fica mais leve – quando evoco aquelas jornadas nas quais descobri que, na vida, a vida é inalcançável, que a vida está por baixo de si mesma e que a única plenitude possível é a plenitude suicida.

[formato pdf]

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: