Queer, what does it means?

A idéia de que 5 ou 6 gays, com diferentes especialidades, podem “dar uma garibada” em um menino/homem hetero é quase um axioma. Sempre achei que isso fosse possivel, mas vendo esta brilhante idéia sendo executada é meio frustante. Um deles deve ensinar o rapaz escolhido no programa a se vestir bem, outro ensina como comer de maneira educada, outra outro a falar de maneira politizada e, dentre algum mais que me foge, um gay ensina sobre “cultura”.

Eu acredito na lei de ‘quem dá mais leva’. Sempre fui apaixonada por rapazes que mostravam conhecer mais sobre algo, fosse cultura pop ou rock sessentista, mas depois de um tempo isso passa e você percebe que a regra agora é ‘não adianta quantidade sem qualidade’. Os caras do programa não sabem disso e fazem o participante passar por várias fases de transformação do eu para alguém melhor com coselhos tão inúteis. É verdade. Veja.

E não tenho medo de confessar que sorrio junto aos momentos de felicidade, como quando eles ganham muitos presentes legais de lojas legais… (vergonha). São bem engraçados os momentos que os gays aproveitam para paquerar no programa. (risos)
Enfim, continuo sem entender o sentido de “queer”. Amanhã pela manhã procuro. Por hora, boa noite.

——————

Depois da minha reforma, meu quarto ficará assim:

Mentira, não foi pra tanto. Depois posto fotos.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: