Cri-críticas

No segundo ano de faculdade temos uma discipliana chamada ‘crítica de mídia’, uma excelente disciplina. O problema é que: sempre pensei que os críticos ‘de hoje’ (pois os críticos de antigamente não conheço o suficiente para avaliar) fossem blogueiros por excelência. É tudo tão parecido, pensava eu inocente. Depois a disciplina armou as asas para outro lado: havia ali uma ciência meticulosa, metódica e racionalista, porém minha gostosa surpresa, de descobrir que o mundo não é tão simples, acabou quando o professor da disciplina instruiu-nos a montar um blog para aprender a criticar.
Depois disso, penso que 1) Admirados deveriam ser as pessoas que não utilizam os blogs apenas para criticar algo. Como aqueles blogs que se repetem sempre: Coisas Legais da Internet. 2) A crítica não se constitui essencialmente por uma opinião negativa, portanto se voce pensa que nunca criticou, esqueça, você já virou é cocota.
Decepcionante essa vida.

*

Let us put our minds together and see what life we can make for our children.
Sitting Bull

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: